Muricy Ramalho

Meia-atacante, Meio campista
357 Jogos Oficiais
3 Títulos Oficiais
78 Gols Marcados
Muricy Ramalho jogador começou e brilhou no São Paulo.
Muricy Ramalho Brasil - São Paulo - SP
Nascimento 29 de novembro de 1955
Falecimento -
Apelidos -
Carreira Início: 1973 (São Paulo)
Término: 1985 (Atibaia)
Características Altura: 1,72m
Destro
Posição / Outras posições Meio-campista

Perfil / Estilo do jogador

Lendário treinador do futebol brasileiro, Muricy Ramalho como jogador foi um promissor meio campista que viu sua carreira dificultada por lesões e problemas físicos. Após início no São Paulo, seguiu para fazer sua carreira no futebol do México.

Categoria de base

Data Clube    
1965-1973 São Paulo    

Clubes em que atuou

Data Clube Jogos Gols
1973-1979 São Paulo 194 30
1979-1984 Puebla 154 48
1984 América/RJ 9 0
1985 Atibaia 0 0

Conquistas por Clubes

Clube Título Temporada
São Paulo Campeonato Paulista 1975
São Paulo Campeonato Brasileiro 1977
Puebla Campeonato Mexicano 1982-83

Desempenho

0,212
Média
Gols por jogo
0,27
Média
Títulos / Anos de carreira (Profissional)
Força
2
Passe
4
Controle de Bola
4
Drible
3
Velocidade
4
Técnica
4
Finalização
2
Condicionamento Físico
2

Biografia

Reconhecido como um dos maiores treinadores da história do futebol brasileiro, Muricy Ramalho teve suas maiores conquistas comandando o São Paulo FC. Ainda teve grandes passagens como técnico por Santos FC, Fluminense, SC Internacional, Náutico, São Caetano, entre outros. É ídolo de todas estas equipes como treinador, porém, sua ligação com o Tricolor Paulista se mostra ainda mais antiga equando Muricy tinha o sonho de ser jogador de futebol. Seria na década de 1970, quando faria a base e atuaria no profissional do clube.

Promessa do futebol brasileiro, o jovem Muricy não conseguiu deslanchar na carreira por conta de contusões que tirou o ímpeto e a velocidade daquele meia atacante raçudo e habilidoso. Inclusive, chegando a flertar com a seleção brasileira.

O jogador dos anos 1970 também tinha fama de rebelde, usando longos cabelos, que mais o cedenciava a ser um músico da época, batendo por vezes de frente com o lendário técnico são-paulino José Poy.

 

Muricy jogador: Início explosivo no São Paulo

Muricy Ramalho no dente-de-leite do São Paulo.

Muricy Ramalho no dente-de-leite do São Paulo – Foto: Reprodução/ Internet

Os caminhos de Muricy Ramalho como jogador poderiam ter sido trilhados na Sociedade Esportiva Palmeiras, mas o amigo de seu pai, o ex-zagueiro e treinador Valdemar Carabina, o levou para o São Paulo ainda em 1965, quando tinha 10 anos.

Desde cedo, o jovem mostrava talento absurdo pelo Tricolor, e já em 1969, quando tinha apenas 14 anos, arrastava multidões nas decisões dos torneios dente-de-leite. Dois anos depois, aos 16 anos, já fazia parte do elenco profissional são-paulino, treinado por Osvaldo Brandão. Sua estreia como profissional ocorreu dois anos depois, em 1974, em jogo válido contra o União Bandeirante, com vitória tricolor pelo placar de 1 a 0. A partir de então á começou a estar presente no time profissional.

“Eu com 17 anos já comecei a jogar no time profissional. É uma ansiedade danada. Você fica ansioso daquele corredor lá do túnel. Ele fica gigante. Parece uma coisa incrível”. Relembrou dos tempos de jogador.

 

(1975) Temporada com título no São Paulo

A temporada de 1974 foi de adaptação para o jovem Muricy Ramalho, mas 1975 seria a melhor temporada do jovem craque. Inclusive de sua carreira. Com um preparo físico melhor, um pouco mais forte, já que sempre foi mais franzino, ele foi um dos destaques no título do Campeonato Paulista daquele ano. Fazia parte de um grande time do São Paulo que tinha, entre outros: o goleiro Waldir Peres, Chicão, Pedro Rocha e Sérgio Chulapa.

 

Também tem período de oscilação e primeira grande lesão

Porém, em 1976, o jogador teve mais uma temporada abaixo da média, assim como todo o time do São Paulo. Já no ano seguinte, em 1977, o que era ruim piorou, e mesmo em temporada do primeiro título brasileiro do Tricolor, Muricy Ramalho sequer entrou em campo na conquista. Ele sofreu uma grave lesão no seu joelho direito e só conseguiu se recuperar pouco mais de um ano depois. 

Tal lesão custou caro ao jogador Muricy, que estava sendo especulado para estar entre os convocados para jogar a Copa do Mundo de 1978que se realizaria na Argentina.

1979: Muricy Ramalho jogador se despede do São Paulo

Muricy deixa o São Paulo pouco depois de voltar de lesão.

Muricy deixa o São Paulo pouco depois de voltar de lesão – Foto: Capa Revista Placar 1978

Enquanto se recuperava, Muricy Ramalho já era considerado por muitos como um ex-jogador em atividade, e seu fim de carreira era dado como certo. Isso aos 23 anos de idade. O jogador conseguiu se recuperar para voltar aos gramados, e sendo escalado ao poucos por Rubens Minelli, já no final de 1978. Ainda considerado uma promessa, e envolto há um preparo físico que não agradava, o São Paulo optou por vender Muricy em 1979. Seu destino foi o Puebla, do México, que pagou 100 mil dólares ao Tricolor.

Dessa forma, encerrava a passagem de Muricy Ramalho jogador no São Paulo Futebol Clube. De 1974 até 1978, o meia atacante atuou em 194 partidas, com 30 gols marcados. 

 

De volta ao jogo: Muricy é sucesso no México

De início, Muricy Ramalho teve dificuldades como jogador do futebol mexicano, que tinha como principal característica a imposição física e defensiva. Porém, soube se adaptar à nova realidade, tanto que na temporada 1982-83 foi campeão mexicano, e no ano seguinte um dos artilheiros do campeonato. 

Porém, mesmo com tamanho sucesso no futebol do México, em 1984 Muricy sentia saudades do Brasil firmando contrato de empréstimo com o América/RJ. Infelizmente, os problemas físicos seguiram atrapalhando o jogador, que mesmo com um enorme potencial, pouco pôde fazer pela equipe carioca.

Sem outra opção, o meio-campista se despediu dos gramados de maneira oficial em 1985, com apenas 30 anos de idade. Muricy Ramalho ainda chegou a jogar no Esportivo Atibaiense em 1988, mas por conta de uma grave lesão não conseguiu jogar e assumiu a vaga de treinador por dez jogos.

 

Uma nova era de Muricy Ramalho no futebol

Após se despedir dos gramados precocemente, Muricy Ramalho teve a oportunidade de treinar o Puebla/MEX, equipe onde viveu grandes momentos da carreira de jogador. Aconteceu em 1993, mas sua nova passagem pelo clube durou apenas poucos meses, já que aceiaria o convite para treinar os juniores do São Paulo no ano seguinte. 

Ainda em 1994, Muricy é promovido à assistente técnico de Telê Santana, maior ídolo e referência como treinador. sendo responsável por treinar o “Expressinho”, vitorioso Time B do São Paulo na época. Com o aprendizado de seu mestre, treinou o time principal do Tricolor em 1996 por uma temporada, mas seguiu a carreira em outros clubes até retornar ao Morumbi dez anos depois.

Nesta nova passagem, torna-se um dos maiores treinadores da história do São Paulo e do futebol brasileiro.

 

 

Camiseta de futebol Raiz - É no Lendas do Futebol!

📲 Conheça a Loja Lendas do Futebol
➡️ Segue no Instagram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *